Como Vender seu Infoproduto

Aqui vamos te dar algumas dicas do que você precisa colocar em prática para começar a vender. Para alcançar o sucesso é importante seguir algumas dicas. Segue 5 passos para você colocar em prática.

1 – Identificar o mercado
É importante que você identifique o mercado que deseja trabalhar e quem pertence a ele. Vamos supor que existam dois temas que você pode abordar:
• Como fazer brigadeiros;
• Como vender mais na empresa.
No primeiro caso, o público é feminino, na maioria formado por donas de casa e tudo o que você fizer tem que ser pensado para elas, desde a linguagem até os desejos e sonhos. Já o segundo é composto por empresários, que sonham em aumentar o faturamento da empresa e está precisando de ajuda nessa questão.
Para cada nicho de mercado existe um público-alvo diferente, com faixa etárias e classes sociais diferentes, por exemplo. Identifique o seu público para direcionar os seus esforços para ele. Tem um conceito muito forte que cabe aqui:
“Crie soluções para seus clientes e não arranje clientes para suas soluções.”

2 – Criar estrutura
Nesse momento, você escolhe de que maneira ou como vender infoprodutos. Você pode criar sites, domínios, páginas de capturas de e-mails, e-mails de vendas, perfis e páginas nas redes sociais, etc.
O importante desse ponto é criar uma estrutura, interligando todos os meios digitais que você trabalha para alcançar o máximo de clientes e aumentar as vendas. Alias isso é o que mais somos procurados aqui na InfoCriadores para montarmos para nossos clientes.

3 – Criar a oferta
Antes de criar um infoproduto, você precisa analisar o que o público quer ou deseja. Vamos supor: o empreendedor que pesquisou “Como vender mais na empresa” quer capturar mais leads (contatos qualificados), converter mais (aumentar as vendas) e reter clientes.
Partindo das necessidades desse público, você foca em ensinar o que ele precisa e que vai gerar satisfação, criando uma oferta atrativa para esse tipo de usuário. Ele precisa entender se sentir atraído pelo que você promete entregar. Ou seja, sua oferta deve provocar o desejo nele.

4 – Trabalhar o marketing
Agora que você já criou uma oferta, precisa trazer pessoas para ela. Esse tópico e o anterior são interligados e podem ser feitos simultaneamente ou um antes do outro.
Entender realmente o que as pessoas querem antes de criar a oferta funciona bem, porque você tem a oportunidade de conversar com público e entender a demanda do mercado, evitando investir em algo que não vai trazer retorno.
Se você está começando agora, um dos passos principais é investir em tráfego pago. Um bom exemplo é o Facebook Ads, que te permite criar anúncios que aparecem para os tipos de usuários selecionados por você – atualmente contando com mais de 1,8 bilhão ativos mensais nessa rede social. Mas cuide, quem não sabe trabalhar com facebook Ads pode jogar MUITO dinheiro pelo ralo, fazendo testes e mais testes.

5 – Conhecer os compradores
Nessa parte, você começa a conhecer quem irá comprar de você e a descobrir as caraterísticas do seu público: saber se é feminino, masculino, qual a idade, classe social, desejos de compras, interesses etc., para direcionar os próximos infoprodutos para esses clientes.
Isso porque de nada vai adiantar investir em criar novos produtos digitais e se empenhar em saber como vender infoprodutos, se você não leva em consideração a identidade do seu lead, ou seja, quem ele é e o que ele quer.

6 – Criar novas ofertas
Quando você já conhece os seus compradores, acaba conseguindo criar facilmente outros produtos que são do mesmo nicho, mas com informações diferentes, levando em conta o que eles precisam e desejam realmente.
Vender para quem já comprou de você e aumentar o ticket médio pode ser uma ótima saída para diminuir os próximos gastos e garantir que você crie uma rede de clientes fiéis.
Para mais dicas como esta, acompanhe nosso blog ou entre em contato conosco.

Como se tornar um Produtor Digital

O Produtor digital é uma pessoa especialista em um determinado assunto de interesse para outras pessoas, que tenha vontade de distribuir esse conhecimento e fazer isso através de conteúdos online que agreguem valor para quem compra esse conhecimento.
Há vários perfis que se encaixam nessa nova profissão que tem sido uma das queridinhas pelas pessoas que desejam trabalhar na internet. Um produtor de conteúdo digital pode ser desde um autor independente, um profissional especialista em alguma modalidade interessante para ensinar, um professor ou até mesmo um blogueiro que fala sobre assuntos específicos em seu blog e deseja transmitir este conhecimento para outras pessoas.
O Produtor pode ser apenas um indivíduo ou até mesmo corporações que desejam publicar algum tipo de conteúdo digital para ser vendido na internet através de suas empresas.
Quem pode ser Produtor digital?
Como dissemos no início deste post, qualquer pessoa que tenha um conhecimento apurado em algum assunto que possa ser ensinado para outras pessoas pode ser um Produtor digital.
Isso quer dizer que, se você é um professor, por exemplo, pode aumentar o alcance de suas aulas criando cursos online. Ensinando diversas matérias e ajudando pessoas ao redor de todo mundo com o seu conhecimento.
Um digital influencer pode usar suas habilidades para conquistar seguidores ou sua expertise a respeito de parcerias com marcas para fazer um ebook sobre isso.
O youtuber, que já tem facilidades para gravar vídeos, pode criar cursos que ensinem desde a perder a timidez para gravar até ensinar sobre edições de vídeo.
A costureira, que sabe tudo sobre roupas, pode criar materiais que ensinem as pessoas a fazerem pequenos consertos.
Como você pode ver, as possibilidades são inúmeras. Tudo que você precisa fazer é pensar naquilo que você faz e que as pessoas a seu redor sempre pedem para que você ensine. Pense um pouco, garanto que você tem uma grande habilidade que pode passar para outras pessoas e ainda ganhar dinheiro com isso!

O que é Infoproduto?

Infoprodutos é um tema muito buscado atualmente, principalmente pelas oportunidades que o mercado digital tem disponibilizado para quem tem conteúdo para compartilhar com outras pessoas e por outro lado muitas pessoas buscam resolver problemas, aprender sobre determinado assunto ou evoluir seu nível em determinado hobby!
Infoprodutos são um tipo de informação que são criados e distribuídos, de forma paga ou gratuita, em formato digital. Grande parte desses infoprodutos são voltados para cursos digitais, o que comprova ainda mais uma evolução que vem ocorrendo com o passar dos anos e já tem muitos adeptos no resto do mundo, principalmente EUA, que tem uma grande quantidade de infoprodutos.

Esse aprendizado pode estar relacionado aos mais variados temas possíveis, como por exemplo: como tocar determinado instrumento musical, como usar um software, como preparar boas iscas de pescaria, como se preparar para estudar no exterior, como adestrar seu cão, como editar vídeos, como se planejar melhor financeiramente, e outros tantos temas quanto você possa imaginar.
Uma das principais vantagens de se criar produtos digitais e vendê-los na internet, é que os lucros tornam-se escaláveis, uma vez que as oportunidades de vendas são exponencialmente maiores que cursos presenciais.
Pense bem: você produz um curso digital uma vez e poderá vender o mesmo material inúmeras vezes pela internet.

Alguns formatos de infoprodutos são:
Ebooks
Ebooks ou livros digitais são produtos bastante populares, pois são os mais simples de serem criados, distribuídos e consumidos pelos seus clientes…
Vantagens de optar pelo e-book como seu produto digital:

• Entrega instantânea, você pode automatizar a entrega do ebook para seu cliente, e ele receberá de forma rápida e pode consumir na mesma hora seu conteúdo.
• Em qualquer dispositivo seu cliente vai ter acesso ao material, podendo ler em diversas horas do dia, e sem precisar de acesso a internet após salvar pela primeira vez.
Muitos professores e produtores digitais optam pelos ebooks como a porta de entrada para seus cursos online. É uma boa maneira de testar seu conteúdo, como uma isca testar o mercado, se vai ter aceitação determinado assunto seu e aprimorá-lo para fazer um material mais elaborado, como videoaulas.
E por falar em vídeos, eles sempre fazem sucesso, especialmente quando há pessoas envolvidas. A produção de vídeos vai demandar mais dedicação, mas em compensação, pode trazer mais qualidade ao seu curso online.

Videoaulas são ideais para materiais que precisam de demonstração, como por exemplo, aulas de culinária. A aprendizagem fica muito mais fácil quando o aluno tem exemplos visuais do que se deve fazer em cada passo.
Fazer um curso com material seu e apresentar em formato de vídeos é uma ótima maneira de ficar reconhecido e poder abrir outras portas para você, pois este material pode ser acessado de qualquer local do mundo.
Se você não se dá bem em frente as câmeras, pode convidar um especialista para falar do assunto. Você também pode fazer seus vídeos em formato de entrevista e transformar a gravação em parte de seu produto digital junto com materiais como os ebooks que falamos anteriormente.
Se você tem interesse em produzir este tipo de material e não sabe por onde começar, fale conosco, nós fazemos todo trabalho como, filmagem, roteiros, landpage, estrutura de campanhas, marketing, vendas e suporte!
Fale conosco